Páginas

Videos

Loading...

Contador

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Dirty Money na Cinemateca Brasileira

Na próxima sexta-feira, dia 9 de julho, acontece na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, dentro da programação do Primeira Exibição, a projeção do documentário Dirty Money, que retrata a história de uma geração que revolucionou o skate no Brasil durante a década de noventa.



Essa será a chance de ver um dos primeiros filmes nacionais filmado com a câmera Red One sendo projetado em uma tela de cinema em alta-definição. A Cinemateca Brasileira fica localizada no Largo Senador Raul Cardoso, próximo ao metrô Vila Mariana, em São Paulo.

A exibição do filme acontece às 20h30 desta sexta-feira, dia 9 de julho. Os ingressos custam R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia-entrada).

Sobre o Primeira Exibição:

Programa permanente dedicado à exibição de filmes brasileiros de média e longa-metragem inéditos no circuito de salas de cinema ou nas redes de televisão. Além de oferecer aos realizadores um espaço fixo de projeção para seus novos filmes, o PRIMEIRA EXIBIÇÃO permite que o público entre em contato, em primeira mão, com a produção audiovisual independente. Neste mês, o projeto exibe o média-metragem Dirty money, dos diretores Alexandre Vianna e Ricardo Koraicho, um dos primeiros filmes nacionais filmado com a câmera RedOne. O documentário retrata uma geração que revolucionou a cultura de rua no Brasil através do skateboarding.

Serviço:

CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207
próximo ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

Ingressos: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)
Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.

PROGRAMAÇÃO

09.07 SEXTA

SALA CINEMATECA BNDES

20h30 DIRTY MONEY

FICHA TÉCNICA E SINOPSE

Dirty money, de Alexandre Vianna e Ricardo Koraicho
Brasil/EUA, 2010, vídeo digital, cor, 50’ Exibição em Blu-Ray
No começo dos anos 1990, a cena do skate estava falida após um plano econômico do governo que quebrou a indústria. Motivados pelo amor ao skate e uma atitude “faça você mesmo”, os personagens, adolescentes na época, juntaram-SE e lançaram um vídeo caseiro sobre skate que iria mudar as suas vidas para sempre. A fita se chamava Dirty money e foi um sucesso instantâneo: rodou o paí­s e inspirou milhares que compartilhavam o mesmo sonho, tornando-se a pedra fundamental para a reconstrução do skate como esporte e estilo de vida no Brasil.
Não indicado para menores de 12 anos




Texto: Charles Franco
Fonte: CEMPORCENTOSKATE

Nenhum comentário:

Postar um comentário